domingo, 25 de outubro de 2015

Reajuste



"O destino é muito forte" - disse ela, enquanto a outra, olhava com os olhos molhados para aquilo que representava suas ancestrais. Mas eu sinto muito, sinto muito mesmo e me sinto impotente diante de todo abandono que vocês tiveram. Dói aqui no meu coração.
"Mas cada um há de construir a própria história, e esse é o seu direito" - disse ela. A outra, consentiu com a cabeça, com os olhos ainda marejados, mas com o coração um pouco mais leve. Então ela pediu que se despedisse trazendo toda força e feminilidade e que olhasse para frente com todas as possibilidades de construir uma história diferente. E por auto-amor e  por meu amor a todas vocês, vou seguir adiante e criar vínculos profundos de amor, pois o amor transpõe a dor. A lei do amor, reorganiza, reajusta ...e agora estou aqui, permitindo que o amor aconteça.
[Teresa Cristina]

Um comentário:

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Teresa
A vida vai mudando e cabe a nós mudar 'destinos'...
Bjm fraterno