quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Das decisões.



A vida requer cuidado diário e isso é uma tarefa íntima e cotidiana. É certo que não precisa ser solitária, é aí que entra a família, os amigos, a espiritualidade para nos dar apoio no nosso autocuidado. Mas existem coisas que somente nós podemos fazer por nós mesmos, tomar decisões que nos impulsione rumo a felicidade, realização de sonhos e bem estar e afastar tudo aquilo que adoece, paralisa, deprime. Esse é o nosso maior compromisso, o de preservação da vida, o bem mais precioso que temos. E agora eu tomo essa decisão, mais uma vez. E peço amparo, e peço força, e tenho fé de que tudo ficará bem.É preciso coragem para ser feliz.
[Teresa Cristina]