domingo, 16 de setembro de 2012

Um mundo para dois.



E o mundo se reduzia a dois. 
Somente dois existiam quando os olhos se encontravam.
E o universo se transformava,
em algo intimamente particular.
[Teresa Cristina]