segunda-feira, 28 de maio de 2012

Leve.


O passado pesa, as lembranças ficam inconvenientes, as ilusões viram desilusões. Nessas horas é preciso tomar uma decisão: desapegar-se. Alguns jogam fora tudo o que remete a um passado que hoje já não faz o menor sentido. Eu sou uma desses alguns. Jogo fora. E me sinto leve, pronta para seguir em frente!
[Teresa Cristina]

 "Vive, menina. Vive. Porque o tempo cura. E traz pra vida da gente um motivo maior pra seguir. Acredite. O passado não tem volta. E nada dói pra sempre."

Karla Tabalipa