terça-feira, 17 de abril de 2012


"Há quem se despeça.
Há quem não procure.
Há aqueles que silenciam.
Há aqueles que falam sem ter medo.
Há quem pratique a compreensão.
Há quem faça questão de ouvir o outro.
Há quem resista, mas acaba cedendo ao sentimento.
Há quem demore, mas se entrega.
Há quem perdoa e abre as portas novamente.
Há quem leva tempo para se decidir. Até que decide."

Mônica Cunha