quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

É o vazio...


Não é a saudade que dói, é o vazio.
Um lugar que não dá para ser ocupado, pois é pessoal, único e exclusivo.
É preciso aprender a lidar com a falta.
Não existe remédio para isso, apenas coisas que nos distraiam...
enquanto isso, tentamos nos preencher com as coisas cotidianas. 
[Teresa Cristina]

Considerações sobre o AMOR.


"O Amor é Frágil e nem sempre cuidamos bem dele. A gente se vira e faz o melhor que pode. E torcemos para que essa coisa frágil sobreviva, apesar de tudo. "


Do filme: A última música