quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Pensamentos pela madrugada


Dentre todas as reflexões e "divagações" sobre o amor (este que nos inspira e atormenta) estou eu aqui, madrugada afora, sem sono, a pensar: Existe a pessoa certa? Não. Existem escolhas. Pessoas são erradas, imperfeitas, cheias de manias e defeitos. Mas são encantadoras, surpreendentes, fascinantes...e a nós restam as escolhas. Que são feitas a todo o momento. Então eu penso que a gente escolhe o que encanta e o que a gente consegue suportar, tolerar no outro. Às vezes é leve, às vezes é pesado demais. Às vezes escolhemos de novo, de outro jeito...e assim vamos tecendo uma história com vários coadjuvantes na nossa saga pessoal.  Eu prefiro ser autora, fazer as minhas escolhas conscientes delas, mesmo sem saber ao certo porque estou escolhendo uma coisa ou outra. Mas é que o meu coração me diz assim: Ah, Teresa, vai lá, escolher ser feliz!

Teresa Cristina.
Boa noite :)