segunda-feira, 5 de dezembro de 2011


E então ela enxugou suas lágrimas e disse que não choraria mais por ter deixado que alguém a fizesse se sentir mal. Olhou-se no espelho. Enxergou sua essência. Deu um tempo para acomodar as coisas. E voltou a sorrir e a sentir sua alegria inata. E ela é firme em seus propósitos. E a vida fluiu melhor assim. 

Teresa Cristina.