segunda-feira, 12 de setembro de 2011

(in)SENSATEZ


Às vezes a vida coloca em nossas vidas pessoas sensatas nas horas mais insensatas. E por isso a cabeça dá um nó, mas o coração, este (in)sensato pula de felicidade. Que sejamos insensatos então, pela alegria do coração.