sexta-feira, 26 de agosto de 2011

E uma coisa, leva a outra...



Quando decidimos transpor as próprias barreiras, damos asas a "loucura".
Uma cena inusitada, uma travessura, uma brincadeira de gente grande.
E uma coisa leva a outra. Depois de fazer o que não se explica e nem se quer explicar, 
você deseja fazer tudo aquilo que quer. Sim, teremos o bom e velho "limite",
mas é tempo de ser um pouco mais feliz. Até quando, eu não sei, pois a loucura é atemporal.

Ser psicólogo!

Ser psicólogo é entrar em contato com a alma do outro.
É ir fundo no que há de mais íntimo no ser humano. 
É ser o papel que o outro precisa naquele momento.
É acolher, facilitar, clarear, ouvir generosamente.
É entrar em contato com as próprias dores.
É perceber as entrelinhas, os implícitos e o não dito.
É ter essa mania reflexiva,
É ver o mundo de cabeça para baixo e compreendê-lo mesmo assim.
É abarcar lágrimas e compartilhar sorrisos e conquistas.
É olho no olho,
É abraço fraterno.


Amanhã, 27 de agosto é dia do psicólogo. Quero deixar aqui os meus sinceros parabéns a todos os profissionais psicólogos pelo seu amor ao SER HUMANO. E para descontrair essa tirinha, que infelizmente não conheço a autoria.