terça-feira, 28 de junho de 2011

Inesperado...


Você está perfeitamente acomodada em sua vida e no seu mundo particular.
De repente, sem avisar, numa tremenda falta de educação para os dias de hoje, o inesperado bate a sua porta. Entra sem pedir licença...revira a sua vida (de agora) e vai embora, deixando a bagunça para você arrumar: reorganizar sentimentos, aquietar de novo vulcões adormecidos em você. Tenho compreendido que viver é isso, uma montanha russa, com períodos de excitação, medo, alegria, risos, euforia e vontade de gritar. Então vamos lá dar mais uma volta.