domingo, 15 de maio de 2011

Adolescência- Blogagem Coletiva

Olá pessoal, boa noite! Chegamos a terceira postagem da blogagem coletiva "Fases da Vida" proposta pela querida Rosélia do Blog Espiritual-Idade.


Posso dizer que a minha adolescência foi encantadora. Realmente uma fase de descobertas, umas bem vindas, outras com uma certa demora para se acostumar.
Lembro-me que passei pela fase do "luto" pelo corpo de criança. Usar o primeiro sutiã, a vinda da menarca aos treze anos foram bem "sofridos". Mas aos poucos foi melhorando. Tive a sorte de mudar nesta idade para um bairro residencial em que fiz muitos amigos. A gente tinha uma turma e naquele tempo, a mais de quinze anos atrás, a gente jogava vôlei na rua, andava de bicicleta, patins, sentava final de tarde na calçada e adentrava a noite conversando.
Foi essa época a dos primeiros amores platônicos (sim, eu era bem tímida para esses assuntos amorosos), a auto-estima não era lá essas coisas para achar que seria correspondida.
Mas era gostoso deixar a imaginação voar, e sofrer (da maneira mais intensa de uma adolescente) quando o paquera começava a namorar outra pessoa, rsrsrsrsrs.
Eu era bem estudiosa, às vezes até chata, mas isso me ajudou a passar rapidamente no vestibular para psicologia.
Essa é uma época da minha vida que eu sinto muitas saudades.
Existem pessoas que conheci nesta fase da vida, e que hoje não tenho mais contato, que guardarei eternamente no meu coração.
Mas como nem tudo são flores, foi nesta época também, quando eu tinha 16 anos que os meus pais se separaram definitivamente. Posso dizer, que nesta época em si a separação não teve tanto impacto, o impacto veio em doses homeopáticas. Um lar desfeito é muito doloroso para todas as pessoas da família. Mas algum tempo de psicoterapia ajuda a gente a digerir muita coisa.
Foi na adolescência que comecei a trabalhar também, fato este que vejo como algo muito positivo para um adolescente. Comecei na Secretaria Municipal de Saúde como "auxiliar de secretaria" cargo na época de 1 salário mínimo, e hoje coordeno uma Unidade Básica de Saúde. Então eu valorizo muito esta oportunidade que tive, pois foi deste salário que fiz a faculdade de psicologia para bancar xerox, transporte e o mesmo que me abriu as portas para crescer na área da saúde, que amo.
Eu adoro atender adolescente, o meu mestrado foi com adolescentes com diabetes tipo 1, e eu acredito que adoro pois tive uma adolescência muito bacana.
Termino esse post feliz, saudosa e nostálgica..rsrsrsrs.

Beijocas!!