sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Tem horas que CULPA é...

Gente, estive pensando...tem horas que a culpa é coisa do "capeta". Esse capeta figurado mesmo, que enche o saco e ocupa nossa mente com pensamentos ruins. Essa semana em particular foi uma semana cheia de compromissos, bem corrida mesmo. São coisas prazerosas que estão me acontecendo, mas que consomem muito o tempo. Resultado: não deu pra ir à academia as 3 X por semana. Fui uma, e ontem fiquei ruminando o tempo todo se deveria ir mesmo "morta", que eu estava no desafio de verão da academia e que tinha feito tudo direitinho e que se essa semana não seguisse o cronograma seria como "nadar, nadar e morrer na praia". Tomar decisões não é tarefa fácil, vem a "culpa do capeta" para encher o saco. Foi então que me lembrei da nova Teresa que venho tentando cultivar: aquela que se cobra tanto, que não quer ser "perfeitinha" sempre e se dá o direito de ser "erradinha" de vez em quando. Ai, que alívio!! Sabe, a gente que é psicólogo vive uns conflitos meio estranhos (percepção minha) talvez meus colegas de profissão administrem isso melhor do eu. Me via facilmente falando para um cliente em situação idêntica a minha que não precisaria se cobrar tanto, que há momentos que nos exigem mais...e que era para relaxar e tals...mas na hora de aplicar na minha "life"...Mas tá bom, não sofri muito com isso não. Passou, semana que vem tô mais light (espero), aí vou na academia direitinho, rsrsrs.

Beijocas e ótimo FDS à todos!!