terça-feira, 1 de junho de 2010

Costura da vida

Boa noite de terça, gente! Tenho pensado muito nessa música "costura da vida". Acho que ando me sentindo meio "enrrolada" devido o tanto de afazeres e com a aproximação de algumas mudanças em minha vida. O complicado é quando a gente quer compreender e dar conta de tudo, e eu sou assim, tenho que lidar com isso o tempo inteiro e repetir que não é bem assim, que no final tudo dá certo, que posso ficar tranquila, relaxar...Estou com o coração apertado por não estar conseguindo ir às minhas aulas de flamenco, mas vou dar um tempo para retomar em agosto, pronto! Não vou morrer por causa disso. Uma coisa de cada vez, é isso. Um dia de cada vez também. Vamos à música, e para quem não conhecer vale a pena ouvir no youtube. Beijoss


Eu tentei compreender
A costura da vida
Me enrolei pois
A linha era muito comprida
Mas como é que eu vou fazer
Para desenrolar
Para desenrolar
Se na linha do céu sou estrela
Na linha da terra sou rei
Na linha das águas
Sou triste
Pelo fogo que um dia apaguei
Na linha do céu sou estrela
Na linha da terra sou rei
Mas na linha do fogo
Sou triste
Pelos mares que não naveguei
Mas como é que eu vou fazer
Para desenrolar
Para desenrolar